Página Inicial / Resenha e Crítica / Crítica - Série / Crítica|Vikings – Primeira Temporada

Crítica|Vikings – Primeira Temporada

Na escola, lá no 1º ano do 2° Grau (atualmente Ensino Médio), eu estudei sobre a queda de Roma, um dos vários motivos eram as chamadas “Invasões Barbaras”, que aconteceram na Idade Antiga. Eu ficava sempre encabulado como uma nação, ou tribo, ou povo, poderia ganhar fama de “bárbaro”.

Mais de dez anos depois dessa duvida estreou a serie Vikings, que vem falando justamente desse povo que ganhou fama de “bárbaro”.

Situado no período antes das famosas “invasões”, mas onde Roma já era cristã, conhecemos a história Ragnar Lothbrok, um guerreiro viking, considerados por muitos como herdeiro direto do deus Odin, e sua luta, com a família, por descoberta de terras.

O canal History Channel fez um excelente trabalho de pesquisa sobre essa tribo, eles não criaram uma história que o protagonista se torna “cristão” e tenta converte o seu povo. Mas sim a de um herói esperto, fiel aos seus costumes e que pensa sempre a frente. Como por exemplo, fazer o monge Athelstan de escravo para aprender a falar a língua dele para assim se comunicar com os invadidos.

Os costumes dos vikings são mantidos fielmente, como um guerreiro se oferecer para um sacrifício humano em nome dos deuses, as festas. Uma das cenas mais interessante é quando Ragna volta para casa e tem “relações sexuais com a esposa”, no meio da transa, os dois chamam o monge para participar também. Apesar de ser algo comum também nos dias atuas, nunca imaginamos um sexo a três vindo daquela tribo, ainda mais que não foi só o protagonista que o fez, durante a serie vimos outros casais reproduzindo essa pratica. Casais chamando homens e até mulheres para dividirem a intimidade, mesmo assim eles não eram muito favor das práticas homossexuais.

Eu considero o monge Athelstan como um dos personagens que mais se destaca nesta primeira temporada. Ele praticamente é o expectador naquela história, pois tem o pensamento mais próximo que o nosso e quando vai conviver com os outros membros da tribo, percebemos o seu estranhamento com os costumes deles e com o tempo vai se adaptando e até fazendo parte deles.

Recomendo assistir a serie em um final de semana, pois a cada episodio da vontade de ver o outro.

 

Na escola, lá no 1º ano do 2° Grau (atualmente Ensino Médio), eu estudei sobre a queda de Roma, um dos vários motivos eram as chamadas “Invasões Barbaras”, que aconteceram na Idade Antiga. Eu ficava sempre encabulado como uma nação, ou tribo, ou povo, poderia ganhar fama de “bárbaro”. Mais de dez anos depois dessa duvida estreou a serie Vikings, que vem falando justamente desse povo que ganhou fama de “bárbaro”. Situado no período antes das famosas “invasões”, mas onde Roma já era cristã, conhecemos a história Ragnar Lothbrok, um guerreiro viking, considerados por muitos como herdeiro direto do deus Odin,…

Vikings

Primeira Temporada

Nota

Com os seus nove episódios, a série conseguiu introduzir o universo viking para o publico, garantindo mais outras 4 temporadas.

User Rating: Be the first one !

Sobre Thiago de Assumpção

Formado em Historia, mas arrisca sua vida nos palcos, na escrita e no League of Legends. Apaixonado por série e desenho e sonha em ser um super-herói.

Veja Também

Crítica|Inumanos – Primeira Temporada

A produção que havia sido anunciada como filme, chegou a telinha – e telona, com …