Página Inicial / Indicação Nerd / Indicação Nerd | Jogo – Yu-Gi-Oh Duel Links

Indicação Nerd | Jogo – Yu-Gi-Oh Duel Links

Com o sucesso (curto) de Pokémon GO, outros desenvolvedores correram para elaborar jogos inspirados em animes e realidades virtuais e abocanhar uma fatia do mercado que não para de crescer: jogos para celulares. E o mais recente, que já é febre no Japão, é Yu-Gi-Oh! Duel Links.

Inspirado no anime da Toei de grande sucesso, Yu-Gi-Oh, o jogo ressuscita o famoso jogo de cartas demoníacas que se tornou febre no mundo todo no final dos anos 90 e início dos anos 2000. Duel Links não é o primeiro jogo inspirado no anime de Yugi e sua turma, tendo o TCG trazido para o Brasil pela Konami e o clássico do Playstation 1 Yu-Gi-Oh! Forbidden Memories.

Logo no início do jogo é preciso escolher com qual personagem você deseja iniciar sua jornada, Yugi ou o seu rival Seto Kaiba. Cada personagem inicia o jogo com as cartas clássicas do anime, Mago Negro e Dragão Branco de Olhos Azuis, respectivamente, por isso escolha de forma sábia. Com as conquistas durante o jogo, é possível habilitar outros personagens e seus baralhos, como Joey, Téa, Mai Valentine, Maximillion Pegasus e muitos outros.

Através das vitórias no modo história é possível obter chaves, gemas e moedas que habilitam duelos na área de Mundo de Duelos, permitem a compra boosters para incrementar seu deck ou comprar cards com o Mercador (disponível após a fase 7). Além do modo história do jogo, é possível duelar com outros jogadores online do mundo todo na área de Duelos Ranqueados e Duelos Casuais. O jogo possui uma opção de Duelos com Amigos, onde você pode adicionar amigos através do ID ou do nome do jogador, mas só possível enviar desafios através do personagem Andarilho que irá duelar com o amigo adicionado.

As animações durante a partida, a cada golpe recebido ou infligido no oponente, ficaram muito divertidas, assim como durante as invocações das cartas características de alguns personagens, como o Dragão Branco de Olhos Azuis quando é invocado pelo Kaiba ou o Dragão Negro de Olhos Vermelhos invocado pelo Joey.

O jogo responde com facilidade os comandos do jogador, tornando as mudanças de turno e a a edição do deck fáceis e sem muitos problemas, algo que dava muito trabalho em outros jogos de Yu-Gi-Oh.

Um dos pontos negativos do jogo, e isso é mais para quem já conhece o TCG ou já jogou os outros games de Yu-Gi-Oh!, são os espaços disponíveis no campo de batalha para as cartas. Há apenas um espaço para 3 monstros e 3 cartas mágicas ou armadilhas, sendo no jogo original eram 5 pra cada.

Isso se torna um problema conforme você evolui no jogo, pois limita o número de monstros por invocação especial no campo, por exemplo. A opção de desenvolvedora em deixar o espaço do duelo limitado foi para que o jogo se encaixasse nas telas dos tablets e smartphones somente na vertical, não permitindo a mudança de tela para a horizontal. Uma decisão arriscada, mas que não é tanto grave.

O excesso de diálogos entre os personagens, mesmo aqueles irrelevantes na história, também tornamo o jogo cansativo em vários momentos, assim como as missões pouco desafiadoras, mas nada que impeça de passar bastante tempo duelando (é possível perder uma hora duelando, facilmente) até conseguir um deck decente.

Yu-Gi-Oh! Duel Links já ultrapassou os 25 milhões de downloads no Japão e foi responsável por um aumento de 229,8% no lucro de 2016 para a Konami, isso já mostra que o jogo é uma fonte rentável e que será bastante explorado pela poderosa japonesa.

No Brasil, o jogo ainda não conseguiu o mesmo sucesso como no Oriente, não entrando nem na lista dos 100 jogos mais baixados por aqui. Porém, o app está totalmente em português com as traduções de todos os cards, perfeito pra quem joga o TCG e pra quem era apaixonado pelo anime. Só faltou as vozes dos dubladores brasileiros pra ficar perfeito (fica a dica, Konami).

O download gratuito de Yu-Gi-Oh! Duel Links já está disponível para Android e para iOS.

Animações das invocações dos monstros de cada personagem:

É hora do Duelo!

Sobre Michel Furquim

Psicólogo, pós-graduando em Sexualidade Humana. Curioso e pesquisador nas áreas de sexualidade e relacionamentos. Aficionado pelo universo nerd, em especial HQs e Mangás.

Veja Também

Indicação Nerd | Documentário – A Morte e Vida de Marsha P. Johnson

“Um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-la”. Algo que eu …