Página Inicial / Resenha e Crítica / Crítica - Filme / Crítica|Train to Busan – Busanhaeng (2016)

Crítica|Train to Busan – Busanhaeng (2016)

Train to Busan – que originalmente se chama Busanhaeng – é um filme Sul Coreano lançado em 2016, dirigido por Yeon Sang-ho e que conquistou um grande sucesso aqui no Ocidente. Ao fazer uma busca em sites como Filmow, IMDb e Rotten Tomatoes, encontrei altas pontuações e críticas positivas, decidi assistir o filme e não me arrependi.

“A Coreia do Sul decreta estado de emergência após um vírus desconhecido tomar conta do país. Algumas pessoas tentam fugir de zumbis e ficam presas em um trem-bala que está a caminho de Busan, a única cidade que não foi afetada pelo vírus.”

A primeira coisa a ter em mente antes de assistir esse filme é que não se trata de uma produção de Hollywood então a forma como ele é montado, o desenvolvimento e a história, tem muito da cultura oriental e de como funcionam os seus relacionamentos. Ás vezes parece até existir um certo exagero dessas características, mas vale o esforço de tentar deixar um pouco de lado a visão ocidental para aproveitar a experiencia.

O filme tem 01 hora e 57 minutos de duração, mas a tensão causada durante o desenrolar dos acontecimentos faz parecer durar bem mais e a diversão de perceber os clichês e situações impossíveis arrancam um sorriso de incredulidade do expectador enquanto abre margem para trabalhar um pouco mais de cada personagem. Quando você menos imagina já está amando alguns deles, odiando outros e identificando aqueles que não se importaria em ver morrendo.

Os zumbis são uma das melhores partes já que são muito engraçados – tendo em vista a minha visão ocidental –, mas mesmo assim não deixam de ser assustadores e continuam a ser a maior ameaça dos momentos de tensão. Outro fato interessante é explicação dada para que eles saibam a localização dos humanos, é algo simples e diferente do que estamos a ver nas produções estadunidenses.

Apesar de alguns efeitos especiais ruins é preciso reconhecer que a caracterização dos zumbis é muito bem feita e a suas reações caricatas acrescentam a mitologia. Vale destacar também as relações dos personagens com personalidades que diferem muito entre si e que proporcionam momentos interessantes.

A tensão citada anteriormente segue do momento em que o primeiro zumbi aparece até o final que é surpreendente, deixando o espectador com uma sensação de alivio, tristeza e alegria por acompanhar uma obra tão divertida. Além disso pode até ressuscitar aquela esperança de assistir de filmes bons enquanto se esquece da realidade e termina com a sensação que se divertiu muito durante o processo.

Train to Busan – que originalmente se chama Busanhaeng – é um filme Sul Coreano lançado em 2016, dirigido por Yeon Sang-ho e que conquistou um grande sucesso aqui no Ocidente. Ao fazer uma busca em sites como Filmow, IMDb e Rotten Tomatoes, encontrei altas pontuações e críticas positivas, decidi assistir o filme e não me arrependi. “A Coreia do Sul decreta estado de emergência após um vírus desconhecido tomar conta do país. Algumas pessoas tentam fugir de zumbis e ficam presas em um trem-bala que está a caminho de Busan, a única cidade que não foi afetada pelo vírus.”…

Train to Busan

Filme

Nota

Apesar de alguns efeitos especiais ruins é preciso reconhecer que a caracterização dos zumbis é muito bem feita e a suas reações caricatas acrescentam a mitologia.

User Rating: Be the first one !

Sobre Angresson da Silva

Nascido em 88, ariano, meio diferentão devido ao ascendente em aquário e que adora conhecer novos animes, mangás, HQ's, jogos, filmes e séries, sempre se preocupando com a representatividade em todas essas mídias. Ainda não formado, mas gosta de escrever suas opiniões e se auto intitula um Nerd Fajuto por não se identificar com os padrões de muitos Nerds.

Veja Também

Crise na Terra X – Tudo o que você precisa saber sobre o evento crossover das séries da DC

Evento contará com a presença de Supergirl, Arqueiro Verde, Flash e o time de Lendas …