Página Inicial / Especial / Especial|Todos os easter eggs da Primeira Temporada de Justiceiro

Especial|Todos os easter eggs da Primeira Temporada de Justiceiro

 1.01 – 3 A.M.

– A gangue de motociclistas Dogs of Hell, teve sua primeira aparição em Agents of S.H.I.E.L.D.,durante o episódio Yes Men, da 1ª temporada. Depois eles apareceram novamente no segundo ano de Demolidor.

– David Lieberman, o Micro(chip), foi criado em 1987, com primeira aparição em Justiceiro #4. Diferente de sua contraparte nos quadrinhos o da série é bem mais novo e nem tão dúbio.

– Frank adota o nome Pete Castiglione enquanto está trabalhando na construção. Mario Castiglione é o nome do pai de Frank, ele apareceu pela primeira vez em Justiceiro #1, de 1986.

– Em determinado momento Danny faz menção a ‘Cool Hand Luke’, que no Brasil foi traduzido para Rebeldia Indomável. No filme Luke é preso, mas se recusa a obedecer as regras do local e ganha o respeito dos demais presidiários por sua valentia.

– Danny diz que super-heróis não morrem, bom, no universo Marvel eles realmente não morrem.

– No painel do grupo de apoio é possível ver um alvo de jogo de dardos, que também pode ser conectado a outro personagem da Marvel, o Mercenário, vilão do Demolidor e que já ganhou alguns easter eggs.

– Ray Schoonover foi o comandante da operação de Frank Castle durante a guerra do Vietnã. Ele também era o chefe de uma operação de tráfico de drogas e após se eleger ao Senado, decidiu eliminar Frank e sua família, por medo de ser comprometido. Seu debut foi em Punisher War Journal, #4, de 1989.

– No final do episódio Micro diz: “Bem-vindo de volta Frank” que também é o nome de um arco de histórias em quadrinhos do personagem, escrito por Garth Ennis e ilustrada por Steve Dillon. Na história Frank precisa lutar contra Mama Gnucci e seus capangas. Gnucci também aparece no episódio, mas através de menção e como uma espécie de agiota.

 1.02 – Two Dead Men

– Karen Page é uma personagem principal do elenco de Demolidor, série e quadrinhos. Hoje ela trabalha como jornalista no New York Bulletin, que inclusive já apareceu em Agents of S.H.I.E.L.D., com uma reportagem a respeito de Daisy ‘Quake’ Johnson.

– Billy Russo, companheiro de Frank no exército, é também o nome de um importante vilão, o Jigsaw/Retalho. Nos quadrinhos Russo foi um assassino da organização criminosa conhecida como Maggia. Ele terminou se envolvendo em eventos que levaram a morte da família de Castle. Conhecido como ‘o belo’, ele foi arremessado por Frank em um painel de vidro pelo Justiceiro, tendo o rosto retalhado no processo. Sua primeira aparição foi em Amazing Spider-Man #161, de 1976.

– O apartamento da Karen é repleto de cores, entre elas o vermelho, verde, amarelo e azul, que também representam Demolidor, Punho de Ferro, Luke Cage e Jessica Jones.

1.03 – Kandahar

– No computador do Micro, no passado, é possível ver o endereço MTP1975 – 2. Em 1975, no segundo volume de Marvel Premiere, o Justiceiro foi introduzido ao universo Marvel.

– Frank é visto lendo o livro Cyborgs and Barbie Dolls: Feminism, Popular Culture and the Posthuman Body, uma análise da natureza humana e seu gênero ambíguo na era da tecnologia e mundos digitais.

– Durante o episódio é mencionado o Programa Fênix, que não tem nenhuma relação com a Jean Grey, mas sim com um programa militar norte americano desenvolvido durante a guerra do Vietnã. Nos quadrinhos o Justiceiro é um sobrevivente desta guerra, já que para a série o confronto do Afeganistão soa mais condizente com a cronologia.

– Também é mencionado o Agente Laranja/Agent Orange. Existem dois personagens que usam essa alcunha no universo principal da Marvel. Um é da divisão de telepatas da S.H.I.E.L.D. e o outro, Roger Donovan T. Goshaw é um vilão que usa uma armadura e surgiu em Captain America/Nick Fury: Blood Truce #1.

– A casa do Lewis tem o número 9215, que pode ser uma conexão a Punisher War Zone, número #15, de 1992.

– Quando Frank acorda o relógio marca 08:00, que também podemos conectar ao arco de 2000, no número #08, que é quando Frank enfrenta a ‘Cozinha Irlandesa’, grupo criminoso de Hell’s Kitchen e já mencionado em Justiceiro. Neste número Frank Castle está quase morto, enquanto Gnucci está cada vez mais próxima do Justiceiro.

– Durante Kandahar, também temos a música ‘Wish it Was True’, de The White Buffalo. Em determinado momento a letra diz: “País eu fui um soldado para você. Eu fiz o que você me pediu. Foi errado e você sabia”.

– Em determinado momento Billy Russo está lendo o livro The Picture of Dorian Grey, personagem que o ator Ben Barnes interpretou no cinema em 2009.

1.04 – Ressuply

– Tucão, personagem saído direto das páginas das histórias em quadrinhos, já apareceu em Demolidor (7 episódios), Luke Cage (2 episódios) e Defendores (1 episódio).

– O adesivo do caminhão em que Micro está, tem os números 18, que é quando Frank Castle enfrenta Wilson Fisk, o Rei do Crime.

1.05 – Gunner

– Madani menciona o grande vilão do Demolidor, Wilson Fisk, o Rei do Crime.

– A placa do furgão utilizado por Castle e Micro é 3796, que pode ser conectado ao arco de 6 números, da década de 90, chamado de Jigsaw Puzzle, nome do vilão Billy Russo. O número 37 se chama Perilous Passage, quando o armazém do Frank Castle é invadido por membros de uma gangue e com a ajuda do Micro e seu sistema de vigilância, o Justiceiro consegue vencer e ir para a Venezuela, onde Retalho o espera.

1.06 – The Judas Goat

– Logo no começo do episódio a família do Micro e a de Castle dizem: “Welcome Home Frank”,nome do arco de histórias em quadrinhos mais adorado pelos fãs do personagem.

– Na reunião de apoio é mencionada a data de 1977, época em que Frank Castle/Justiceiro e Homem Aranha aparecem juntos, mas não exatamente como parte do mesmo time.

– O nome Dinesh é mencionado durante The Judas Goat. Nos quadrinhos existe um garoto chamado Dinesh Deol, ele é um inumano. Antes de ser afetado pela terrigenese Dinesh foi um engenheiro indiano, após sair do casulo, porém, ele descobriu o poder de ver e manipular ondas eletromagnéticas, adotando o nome Grid.

– A parede de armas do QG do Micro e do Justiceiro é praticamente idêntica a de Punisher #1.

1.07 – Crosshairs

– Nos quadrinhos Billy Russo/Retalho (Jigsaw) usa lâminas retráteis feitas de adamantium, mesmo material das garras do Wolverine.

– Uma das placas do local que Frank invade para conseguir as informações contidas no esconderijo do Morty é L47. Na edição de Julho de 2007, #47, Frank lida com as consequências de seus atos após formar, sem querer, um grupo de viúvas assassinas conhecidas como As Cinco Esposas.

1.08 – Cold Steel

– O filho do Micro gosta de Wu Tang, assim como Luke Cage.

1.09 – Front Toward Enemy

– Reza a lenda que soldados iraquianos usam o simbolo do Justiceiro para lutar contra terroristas do ISIS.

1.10 – Virtue of the Vicious

–  Neste episódio tivemos o retorno de Brett Mahoney, que começou como um policial em Demolidor, ajudou na prisão de Wilson Fisk, se encontrou rapidamente com Killgrave e Jessica Jones, e foi promovido a detetive ao prender Frank Castle – na verdade quem prendeu foi o Demolidor, mas ele levou o crédito.

1.11 – Danger Close

– No começo do episódio Frank tem seu momento embalado por Fated, Faithful, Fatal – de Marilyn Manson. A música diz: “I feel sole and alone like a heretic. Ready to meet my maker”. Algo que pode ser traduzido como: Me sinto só e sozinho como um herege. Pronto para encontrar meu criador.

– WHiH é o nome da rede de televisão que reporta todas as grandes notícias do universo Marvel. Eles já apareceram nos filmes: The Incredible Hulk, Iron Man 2 e Spider-Man: Homecoming. Também já estiveram presente nas séries: Agents of S.H.I.E.L.D., Daredevil, Jessica Jones, Luke Cage, Iron Fist e Inhumans.

1.12 – Home

– Neste episódio o ator que interpreta Frank Castle, e que também já esteve em The Walking Dead, Jon Bernthal, simula um zumbi e tenta matar seu inimigo com uma mordida.

1.13 – Memento Mori

– Foi feita uma menção a Billy the Kid, um pistoleiro e ladrão de gado e cavalos norte-americano.

– O embate entre Frank e Billy acontece na rua 65, que também é o número da HQ de 2004 em que Retalho (Russo) e Frank tem um poderoso confronto.

– Nas histórias em quadrinhos Billy teve o rosto desfigurado após ser jogado em um vidro. Sua face então foi costurada no hospital como um quebra-cabeça.

– A tela da Madani marca o número 125, em Punisher War Zone V1 #25, Frank revisita a morte da sua família e resgata uma garotinha de um vilão, com um tiro na bochecha.

E aí, encontrou mais algum easter eggs que não listamos aqui? Deixe nos comentários. 

Sobre Diego Antunes

Fundador do site, também colabora com postagens para o Série Maníacos com reviews de séries. Nutre um amor incondicional pela Marvel e é leitor ferrenho dos quadrinhos da casa das idéias desde os 12 anos de idade.

Veja Também

Especial|20 de Novembro – Dia da Consciência Negra

O dia 20 de Novembro marca a data em que Zumbi dos Palmares morreu e …