Página Inicial / Lista / Lista|10 dicas para se dar bem nos aplicativos de pegação

Lista|10 dicas para se dar bem nos aplicativos de pegação

Todo mundo já usou e/ou já pensou em usar um aplicativo de pegação, não é mesmo? Existem vários espalhados por aí, mas a grande constante sempre é a mesma: um monte de homem mostrando o corpo e querendo sexo. Existem outros? Claro. Mas como lidar? Bom, se você quiser algumas dicas separamos 10 especialmente para seu caso. 

1 – Saiba o que você quer, antes mesmo de instalar o aplicativo.

Tem gente que simplesmente não sabe o que quer. Não é tão difícil assim encontrar essas pessoas, mas nos aplicativos fica ainda mais fácil. Sabe aquele boy com foto sem camiseta, mostrando o tanquinho e quase a testa do passarinho, mas que diz “não ser apenas um corpo”? Não seja esse cara. Não tem problema nenhum em querer um corpo, afinal ninguém quer morrer de fome, certo? Mas se você vai valorizar seu corpo, não se ofenda se as pessoas se sentirem atraídas, em primeiro momento, apenas por ele.

2 – Saiba o que você procura

Este é outro conselho muito bom, porque estamos falando de um aplicativo utilizado para conseguir, em 90% dos casos, sexo sem compromisso. Entretanto não existe nenhuma regra dizendo que você só pode acessar tal aplicativo se estiver querendo uma foda rápida. Quer namorar? Excelente. Existem pessoas procurando namorado ali também. O conselho aqui é deixar bem claro o que você quer e ser objetivo a respeito. Não adianta nada um textão falando que todo mundo só quer sexo se a primeira coisa que você pede é um nude, não é mesmo?

3 – Não seja o cara sem foto que só fala com quem tiver foto no perfil

Não. Simplesmente não. Pare.

4 – Não seja o cara que promete trocar foto e que bloqueia o amiguinho depois que recebe.

Não. Simplesmente não. Pare. Se você não achou o cara bonito, deveria ter pensado antes de propor uma troca de fotos. Né? Uma troca de fotos é uma troca de fotos. Apareceu alguém que você conhece e por isso você prefere continuar anônimo? Explique-se. Você ainda vai quebrar um “acordo”, mas pelo menos não vai ser o idiota que bloqueou alguém só porque a pessoa não te agradou visualmente – ou porque, sei lá, é seu professor ou o padre da sua igreja.

5 – Tenha cuidado!

É sempre bom ter muito cuidado. Existem pessoas más espalhadas por aí e casos de gays que foram mortos ou atacados após terem se encontrado com alguém de um aplicativo, são realidade. Deixa a foda no terreno baldio para o quinto ou sexto encontro. No começo, opte por um lugar mais movimentado. Sei que a sede é grande, mas não vá morrer afogado só porque o seu pau foi a parte mais inteligente do seu corpo. Avise um amigo, coloque o celular para tocar e finja ser algum parente, tenha um contato rápido… Seja precavido, em vários sentidos. Tenha cuidado! Do que vai adiantar você querer se encontrar com um cara em um local afastado, por não ser assumido, se existe o risco de todo mundo ficar sabendo de você, por outros motivos? E não estou falando só de um ataque não, que é um risco existente, mas também de terminar enquadrado pela policia por fazer sexo em algum lugar público.

6 – Monte um perfil com informações uteis

Você está procurando uma foda sensacional para ficar assado o resto da semana? Então para que colocar na descrição do que você quer, um trecho do ‘Pequeno Príncipe’? É passivo? Ativo? Versátil? Versátil, mas prefere ser ativo? Versátil, mas prefere ser passivo? Curte uns tapas fortes? Golden shower? É para isso que existem tantos campos no seu perfil. Preencha o seu perfil e evite se irritar com o “o que você curte, fera?”. E leia o perfil da pessoa antes de puxar assunto, vai te ajudar bastante.

7 – Evite os clichês e não tenha vergonha de querer sexo.

Gente, desde que conheci o bate papo gay nas salas do UOL/Terra que eu ouço a pergunta: “Curte o que?”. Todo mundo já até sabe o que a pergunta significa, mas não quer dizer que ela tenha ficado menos enfadonha com o passar dos anos. Claro que se você seguiu o conselho anterior, este aqui se tornará bem inútil, mas é bom lembrar. Então, não fique dando voltas. Todo mundo sabe que você quer transar, então para que falar que você quer “molhar o biscoito”? Alô quinta série. Não se envergonhe por querer sexo e por fazer perguntas sobre sexo. Esta é uma etapa muito importante. Você não quer chegar no motel com o cara mais gostoso do aplicativo só para descobrir, na hora, que ele curte fisting (em você) sendo que você só é ativo, né?

8 – Seja educado, mas direto ao ponto

Educação em primeiro lugar, né nom? Não é porque ninguém sabe que você é você (se o seu rostinho estiver escondido), que você ganhará um passe livre para ser mal educado. Não gostou de alguém? Fale. Não fique dando voltas e fingindo estar interessado. É difícil falar e ouvir um não, mas vai por mim, às vezes é a melhor forma de não perder tempo (e não fazer ninguém perder também).

9 – Não seja tão sensível

Aplicativos de pegação são terreno hostil, não tem como fugir. Ali dentro, protegidos pela distância ou a segurança de estar anônimo, é comum encontrar pessoas bem diretas – e isso não é ruim não. Então não fique muito mal se a pessoa assumir que não quer nada com você. Bola para frente é assim mesmo. Aposto que você também já rejeitou alguém. Rejeição é um processo normal da vida. Por isso, não ofenda nenhum amiguinho se ele demonstrar que não quer nada com você.

10 – Não seja um preconceituoso babaca

Ninguém é obrigado a sair do armário e por isso é até compreensível, especialmente em cidades pequenas, ver um conjunto de pessoas sem cabeça perambulando pelos aplicativos. Nada disso é justificativa para se transformar em uma mula sem cabeça que só sabe proferir: “não gosto de afeminados, não curto negros” e outras atrocidades. Se você é desse tipo e não vê nenhum problema em sair pelos quatro cantos falando que “não é preconceito, é gosto pessoal”, bom, temos uma novidade: é preconceito sim. Vai ler um livro, se educar, aí depois você volta para tentar interagir com pessoas reais. De nada!

Bônus: Não se esqueça da mais importante – se proteja! Use camisinha, principalmente se você estiver se relacionando com alguém que nunca viu antes. Você não conhece o histórico do seu parceiro e nem sempre o que ele diz, é verdade. 

Sobre Gay Nerd Brasil

Veja Também

Lista | CCXP 2017 – Alguns artistas pra conhecer na Artists’ Alley

Como já falamos por aqui, uma das coisas mais legais da Comic Con Experience é …