Página Inicial / Resenha e Crítica / Crítica - Série / Crítica|Cardcaptor Sakura: Clear Card Episódio 1 – Sakura e as Cartas Transparentes

Crítica|Cardcaptor Sakura: Clear Card Episódio 1 – Sakura e as Cartas Transparentes

18 anos depois, Sakura volta para mais uma vez encantar seus telespectadores 

Sakura Card Captors, que esteve presente no lar de muitos brasileiros durante sua exibição na finada TV Globinho (nunca te perdoarei Fátima Bernardes), volta exatamente como havia terminado, fofa, em alguns momentos bem exagerada e lotada de personagens carismáticos. Porém, muito mais do que um exercício de nostalgia, a série ressurge como um pico de leveza tão distante de produções atuais, em que o espetáculo do gigante substituiu o valor do íntimo. Tudo é bem simples e no final do dia estamos acompanhando a vida de uma menina comum, com sonhos comuns e desejos bem humanos, vivendo um dia de cada vez, mas permeada por sonhos proféticos, criaturas mágicas e cartas poderosas. 

Clear Card é baseado no arco do mangá de mesmo nome, com três volumes, e conta a nova aventura de Sakura, seus amigos e família, quando um misterioso evento deixa todas as cartas mágicas transparentes e sem poderes. A série ainda não mostrou a que veio e transformou seu primeiro episódio em uma espécie de flashback corrido de tudo o que perdemos e de tudo o que mudou dentro deste espaço de tempo desde ‘A Carta Selada’, de 2000. Desde lá foram 18 anos até que Sakura voltasse novamente para a televisão com um episódio inédito e olha, esperar tanto tempo pareceu bem mais cruel do que pretendiam. 

O tempo passou e agora acompanhamos nossa heroína em seu primeiro ano no Ensino Fundamental II. O primeiro indício de que o tempo passou vem do próprio pai da Sakura, que se assusta com o uniforme novo da filha, olhando com rubor em direção ao peito da filha – sim, nossa Sakura já é uma pré-adolescente. 

E com a adolescência, o namoro entre Sakura e Syaoran começa a ficar mais claro e longe apenas dos olhares encabulados e cenas envergonhadas que ambos dividiam durante as temporadas anteriores. Eles ainda não trocam beijos, mas já se abraçam e se encaram como um casal. Tudo é muito simbólico e delicado, de uma maneira que apenas deixa a série mais leve e sensível, como Cardcaptor sempre foi e felizmente continua sendo. 

Quanto ao relacionamento de Yukito e Touya, tudo ainda é bem subtendido e em “Sakura e as Cartas Transparentes” nada realmente fica claro. Para quem não chegou a captar a essência do amor que um nutre pelo outro, ele existe, não é secreto, mas se esconde bem. Existem dicas, pequenas sugestões, mas acredito que continuaremos na expectativa, já que o foco de Cardcaptors nunca foi realmente entregar um romance para os dois no sentido mais tradicional. 

A animação está muito bonita, bem melhor do que eu me lembrava quando acompanhava a série fervorosamente na TV aberta.  Morio Asaka, Nanase Ohkawa e Madhouse retornaram da série original para dirigir, escrever e produzir Clear Card, que terá 26 episódios no total. Como primeiro episódio ‘さくらと透明なカード “Sakura to Tōmei na Cādo”, se aproveitou do crescente interesse pela nostalgia para criar um capítulo de abertura especial para quem acompanhou as aventuras de Sakura há quase vinte anos. Existe mistério, magia e principalmente, coração. 

Cardcaptor Sakura: Clear Card Episódio 1 já está disponível para assinantes Premium do Crunchyroll e estará para todos os outros assinantes em 13 de janeiro. 

18 anos depois, Sakura volta para mais uma vez encantar seus telespectadores  Sakura Card Captors, que esteve presente no lar de muitos brasileiros durante sua exibição na finada TV Globinho (nunca te perdoarei Fátima Bernardes), volta exatamente como havia terminado, fofa, em alguns momentos bem exagerada e lotada de personagens carismáticos. Porém, muito mais do que um exercício de nostalgia, a série ressurge como um pico de leveza tão distante de produções atuais, em que o espetáculo do gigante substituiu o valor do íntimo. Tudo é bem simples e no final do dia estamos acompanhando a vida de uma menina…

Cardcaptor Sakura

Clear Card Episódio 1 – Sakura e as Cartas Transparentes

Nota

Sakura retorna com um episódio inédito após 18 anos de ausência e mostra, com delicadeza e sensibilidade, o quanto fez falta.

User Rating: 4.55 ( 1 votes)

Sobre Diego Antunes

Fundador do site, também colabora com postagens para o Série Maníacos com reviews de séries. Nutre um amor incondicional pela Marvel e é leitor ferrenho dos quadrinhos da casa das idéias desde os 12 anos de idade.

Veja Também

Crítica|Bright

Bright é um filme original Netflix que conta a história do policial Scott Ward (Will …